PÓS-GRADUAÇÃO 2017 INSCREVA-SE X (24) 9 9882-0921


O Curso

O atual modelo pedagógico do curso de Direito do Centro de Ensino Superior de Valença - CESVA/FAA - está centrado no aluno como sujeito da aprendizagem e apoiado no professor como facilitador e mediador do processo, buscando a formação integral e adequada do estudante, através de uma articulação entre o ensino, pesquisa e a extensão. O objetivo do curso é a formação de profissionais cidadãos, agentes de efetivação dos direitos na sociedade brasileira, com elevado nível de preparo intelectual e consciência de seu contexto e de sua função social, qualificados para o exercício ético e técnico do Direito e habilitados para as múltiplas e inovadoras exigências das carreiras jurídicas.


Perfil Profissional

O curso visa a desenvolver a formação de profissionais com sólida formação geral, humanística e axiológica, capacidade de análise, domínio de conceitos e da terminologia jurídica, adequada argumentação, interpretação e valorização dos fenômenos jurídicos e sociais, aliada a uma postura reflexiva e de visão crítica que fomente a capacidade e a aptidão para a aprendizagem autônoma e dinâmica, indispensável ao exercício da Ciência do Direito, da prestação da justiça e do desenvolvimento da cidadania.

Além disso, o egresso, no exercício profissional, deverá possuir as seguintes competências:
  • Leitura, compreensão e elaboração de textos, atos e documentos jurídicos ou normativos, com a devida utilização das normas técnico-jurídicas;
  • Interpretação e aplicação do Direito no âmbito individual e social;
  • Pesquisa e utilização da legislação, da jurisprudência, da doutrina e de outras fontes do Direito;
  • Adequada atuação técnico-jurídica, em diferentes instâncias, administrativas ou judiciais, com a devida utilização de processos, atos e procedimentos;
  • Correta utilização da terminologia jurídica ou da Ciência do Direito;
  • Utilização de raciocínio jurídico, de argumentação, de persuasão e de reflexão crítica, por meio de terminologia compatível;
  • Julgamento e tomada de decisões;
  • Domínio de tecnologias e métodos para permanente compreensão e aplicação do Direito, visando a utilização dos conhecimentos adquiridos na sua perspectiva ética e humanística, na busca de aperfeiçoar e adequar o ordenamento jurídico às necessidades sociais;
  • Compreensão interdisciplinar do fenômeno jurídico e das transformações sociais;
  • Compreensão da causalidade e finalidade das normas jurídicas e da busca constante da libertação do homem e do aprimoramento da sociedade;
  • Visão atualizada de mundo e, em particular, consciência dos problemas de seu tempo e de seu espaço.


Mercado de Trabalho

O bacharel em Direito poderá ser:

  • Advogado, atuando como profissional liberal ou trabalhando em empresas públicas e privadas;
  • Funcionário público, atuando com as melhores remunerações de mercado;
  • Juiz Estadual, Federal ou do Trabalho;
  • Promotor de Justiça, Defensor Público;
  • Procurador do Município, do Estado, da República ou da Fazenda;
  • Tabelião;
  • Delegado de Polícia.

Além disso, o profissional estará habilitado a prestar diversos concursos públicos.



Ato autorizativo: Renovação de Reconhecimento: Portaria N° 265 de 03 de abril de 2017.


* Valor referente ao desconto para pagamento até o 1º dia útil do mês da mensalidade


DURAÇÃO: 10 semestres
MENSALIDADE (NOTURNO): R$ 828,12*
CONCEITO MEC: 4

INSCREVA-SE JÁ!

COMO PROCEDER:

  • Após finalizar a inscrição no processo seletivo, pague a taxa de inscrição, imprima o comprovante e compareça na data de sua avaliação;
  • O resultado será divulgado no Painel do Candidato, disponível no site, vestibular.faa.edu.br, conforme data informada no Edital do processo seletivo vigente.
  • Após a notificação de aprovação, dirija-se a Secretária Geral do Centro de Ensino Superior de Valença - CESVA/FAA - Rua Sargento Vitor Hugo, 161, Fátima - Valença/RJ,  de segunda a sexta-feira, das 9h às 20h, com os documentos necessários para a matrícula.
 

Confira o edital abaixo.

Ver Arquivo

Para você que já começou a estudar em outra instituição de ensino e tem interesse em se tornar aluno do Centro de Ensino Superior de Valença, o CESVA/FAA aceitará transferência de alunos regulares de instituição nacional, para prosseguimento dos estudos no mesmo curso ou em curso afim, desde que requerida no prazo fixado no Calendário Acadêmico*.

Confira aqui as vantagens:

30% de desconto nas mensalidades até o final do curso (exceto para o curso de Medicina).**

Ingresso sem necessidade de realização de prova (exceto para o curso de Medicina).


Documentação necessária para análise:


  • Carteira de Identidade
  • CPF
  • Histórico escolar
  • Programa das disciplinas cursadas
  • Declaração de regularidade acadêmica
  • Declaração de situação junto ao ENADE

A documentação pertinente à transferência deverá ser original.



*Mediante ao edital do processo seletivo e havendo vagas.

**Exceto nas mensalidades de janeiro e julho, desconto não cumulativo com outros benefícios.




Para você que já concluiu a graduação de ensino superior e quer continuar a aprimorar os seus conhecimentos no Centro de Ensino Superior de Valença - CESVA/FAA - confira aqui as vantagens:


  • Portadores de diploma de outras Instituições:

30% de desconto nas mensalidades até o final do curso (exceto para o curso de Medicina),*


  • Portadores de diploma do CESVA/FAA:

50% de desconto nas mensalidades até o final do curso (exceto para o curso de Medicina).*


Ingresso sem necessidade de realização de prova (exceto para o curso de Medicina).**


Documentação necessária (original e cópia):

Diploma e Histórico da Graduação

Certificado Conclusão do Ensino Médio

Histórico Escolar do Ensino Médio

Cédula de Identidade

CPF

Título de Eleitor

Certidão de Nascimento ou de Casamento

Comprovante de Residência

Uma foto 3 x 4.

Documento de Regularidade Militar

  

*Exceto nas mensalidades de janeiro e julho, desconto não cumulativo com outros benefícios.

**Mediante ao edital do processo seletivo e havendo vagas.

Curso: Bacharelado Direito

Carga Horária Total: 3720 horas

Duração do curso: Mínimo: 10 semestres


Acesse a grade Curricular do Curso.

Ver Arquivo

Conheça o corpo docente que integra o curso de Direito:


 Alexandre Motta Tinoco - Currículo Lattes

André Panno Beirão - Currículo Lattes

Ana Paula Munhen  de Pontes - Currículo Lattes

Arilton Leôncio Costa - Currículo Lattes

Antonio Celso Alves Pereira - Currículo Lattes

Cleyson de Moraes Mello - Currículo Lattes

Daniel Nunes Pereira - Currículo Lattes

Edmundo Gouveia Freitas - Currículo Lattes

Fernanda Gomes Ladeira Machado - Currículo Lattes

Flavia Sanna Leal de Meirelles - Currículo Lattes

Gabriel Borges da Silva - Currículo Lattes

Gloria Maria Alves Moreira Cotrin - Currículo Lattes

Jean Carlos Cardoso Pierri - Currículo Lattes

Lenilson Vidal de Souza - Currículo Lattes

Luis Sergio Alves da Costa - Currículo Lattes

Neimar Roberto de Souza e Silva - Currículo Lattes

Rafael Henrique Renner - Currículo Lattes

Rabib Floriano Antonio - Currículo Lattes

Ricardo Fernandes Maia - Currículo Lattes

Rogério Tabet de Almeida - Currículo Lattes

Stela Tannure Leal - Currículo Lattes

Polliana Henrique Martins - Currículo Lattes


Dr. Antonio Celso Alves Pereira -  Currículo Lattes

Advogado, professor e escritor. Doutor em Direito Público pela Faculdade de Direito da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Curso de Política Internacional e História Diplomática na Universidade de Lisboa, 1971. Professor Associado aposentado da Universidade Federal do Rio de Janeiro e professor adjunto aposentado da Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Ex-Reitor da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). Ex-Diretor da Faculdade de Direito da UERJ. Vice-Presidente do Conselho de Reitores das Universidades Brasileiras. Presidente da Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro - PAPERJ, 2000/2001.

Atualmente é Professor da Faculdade de Direito e Diretor Geral do Centro de Ensino Superior de Valença da Fundação Dom André Arcoverde - CESVA/FAA - Valença, RJ e professor do Programa de Pós-Graduação em Direito da Universidade Veiga de Almeida/RJ. Consultor ad hoc do CNPQ, da CAPES e da FAPERJ, na área de Direito. Professor Visitante nas Universidades de Varsóvia, Columbia, Harvard, Wisconsin, Texas e no Instituto de Sociologia Jurídica de Oñati (País Basco, Espanha). Conferencista em instituições nacionais e estrangeiras. Presidente da Sociedade Brasileira de Direito Internacional, desde 2002. Membro do Instituto dos Advogados Brasileiros, da International Law Association e do Instituto Hispano-Luso-Americano de Direito Internacional - Madrid. Membro Titular da Academia Brasileira de Letras Jurídicas. Sócio titular do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro. Suas atividades acadêmicas estão concentradas em Direito Internacional Público e Relações Internacionais. Sua produção bibliográfica reúne trabalhos científicos e literários publicados no Brasil e no exterior. Em 1984 recebeu o Prêmio Coelho Neto e, em 1999, a Medalha Machado de Assis, ambos outorgados pela Academia Brasileira de Letras. Recebeu entre outras condecorações, o Colar do Mérito Judiciário do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro, a Ordem do Mérito Naval e a Medalha Soka Gakuen Award of Highest Honor concedida pela Universidade de Soka - Tóquio, Japão. Delegado oficial brasileiro à Conferência Mundial da UNESCO sobre Educação Superior. Paris, 1998.



O Programa Universidade para Todos (ProUni) foi criado em 2004, pela Lei nº 11.096/2005, e tem como finalidade a concessão de bolsas de estudos integrais e parciais a estudantes de cursos de graduação e de cursos sequenciais de formação específica, em instituições privadas de educação superior.


De acordo com o Ministério da Educação, para ingressar no Prouni é necessário cumprir os requisitos previstos pelo MEC e participar do processo seletivo.


 - Quais são os requisitos para ser bolsista do Prouni?

Podem participar do Prouni os estudantes brasileiros que não possuam diploma de curso superior e que atendam a pelo menos uma das condições abaixo:

  • ter cursado o ensino médio completo em escola da rede pública;
  • ter cursado o ensino médio completo em escola da rede privada, na condição de bolsista integral da própria escola;
  • ter cursado o ensino médio parcialmente em escola da rede pública e parcialmente em escola da rede privada, na condição de bolsista integral da própria escola privada;
  • ser pessoa com deficiência;
  • ser professor da rede pública de ensino, no efetivo exercício do magistério da educação básica e integrando o quadro de pessoal permanente da instituição pública e concorrer a bolsas exclusivamente nos cursos de licenciatura. Nesses casos não há requisitos de renda.

Para concorrer às bolsas integrais o candidato deve ter renda familiar bruta mensal de até um salário mínimo e meio por pessoa. Para as bolsas parciais de 50%, a renda familiar bruta mensal deve ser de até três salários mínimos por pessoa.


 - Como funciona o processo seletivo do Prouni?

O processo seletivo do Prouni é composto por duas fases: processo regular e processo de ocupação das bolsas remanescentes.

No processo regular pode se inscrever o candidato que tenha participado da edição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) do ano imediatamente anterior e que tenha obtido, no mínimo, 450 pontos na média das notas das provas do Exame e nota acima de zero na redação.

No processo para ocupação das bolsas remanescentes pode se inscrever o candidato que:

  • seja professor da rede pública de ensino, no efetivo exercício do magistério da educação básica e integrando o quadro de pessoal permanente da instituição pública, para os cursos com grau de licenciatura destinados à formação do magistério da educação básica; ou
  • tenha participado do Enem, a partir da edição de 2010, e que tenha obtido, em uma mesma edição do referido exame, média das notas nas provas igual ou superior a 450 pontos e nota superior a zero na redação.

Em ambos os processos as inscrições são gratuitas e efetuadas exclusivamente pela internet, por meio da página do Prouni.

São realizados dois processos seletivos do Prouni por ano, um no primeiro semestre e outro no segundo semestre.


Para maiores informações, acesse os links abaixo:

Como funciona

Documentação

Cronograma


COLAPS

O que é Colaps?

Comissões Locais de Acompanhamento e Controle Social do Programa Universidade para Todos - Prouni.

São órgãos colegiados, de natureza consultiva instituídos em cada Instituição de Ensino Superior - IES participante do Prouni, com função preponderante de acompanhamento, averiguação e fiscalização da implementação local do Programa Universidade para Todos - Prouni nas IES, devendo promover também a articulação entre a CONAP e a comunidade acadêmica das IES participantes do programa, com vistas ao seu constante aperfeiçoamento.

2. Com qual finalidade veio a ser instituída as Comissões Locais do Prouni?

As Comissões Locais veem com a finalidade de aprimorar as relações acadêmicas entre os bolsistas Prouni e as Instituições de Ensino Superior - IES. Por serem instaladas em cada endereço de oferta de bolsas das IES participantes do Prouni, as Comissões Locais assim mais próximas a realidade acadêmica de cada IES, poderão atender os questionamentos da comunidade do Prouni levantados através de reclamações, denúncias, críticas e sugestões inerentes ao programa e dirigidas a Comissão. Desse modo foi estabelecido no Art. 2º da Portaria nº 1.132, a qual dispões sobre a Instituição das Comissões Locais de Acompanhamento e Controle Social do Programa Universidade para Todos - Prouni, que compete as Comissões Locais:

I - exercer o acompanhamento, averiguação e fiscalização da implementação do Prouni nas Instituições de Ensino Superior (IES) participantes do Programa;

II - interagir com a comunidade acadêmica e com as organizações da sociedade civil, recebendo reclamações, denúncias, críticas e sugestões para apresentação, se for o caso, a Comissão Nacional de Acompanhamento e Controle Social do Prouni - CONAP;

III - emitir, a cada processo seletivo, relatório de acompanhamento do Prouni.


Maiores informações:

PROUNI - EDITAL 2017

PROUNI - EDITAL 2016

ORIENTAÇÃO AOS CANDIDATOS - 2017

ORIENTAÇÃO AOS CANDIDATOS - 2016


RELAÇÃO DE CLASSIFICADOS DA LISTA DE ESPERA DO PROUNI - 1º SEMESTRE DE 2017

CLASSIFICADOS - LISTA DE ESPERA PROUNI - 1º SEMESTRE DE 2017


Resultado Lista de Espera Processo Seletivo -­ 1º semestre de 2017

DIREITO


RELAÇÃO DE APROVADOS DA LISTA DE ESPERA DO PROCESSO SELETIVO PROUNI - 1º SEMESTRE DE 2016

APROVADOS DA LISTA DE ESPERA DO PROUNI - 1º SEMESTRE DE 2016


Resultado Lista de Espera Processo Seletivo -­ 1º semestre de 2016

DIREITO

Para ingresso no Centro de Ensino Superior de Valença - CESVA/FAA - o candidato poderá realizar o aproveitamento de resultado obtido no Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM).

Os candidatos que optarem pelas vagas do ENEM deverão se inscrever no Processo Seletivo do CESVA/FAA e declarar esta opção no momento da inscrição.

Para utilizar a nota do ENEM, além de indicar essa opção no formulário de inscrição, o candidato deverá entregar o comprovante legal (boletim de desempenho do ENEM) na Secretaria Geral do CESVA/FAA.

O ano em que o resultado do ENEM será considerado, bem como o percentual de vagas destinadas aos candidatos e valor da média mínima atribuível ao conjunto de provas será determinado pelo edital vigente.


*O aproveitamento da nota do ENEM é válido apenas para ingresso na Instituição, não valendo para descontos nas mensalidades.




FAA - FUNDAÇÃO EDUCACIONAL D. ANDRÉ ARCOVERDE | CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DE VALENÇA
R. SARGENTO VITOR HUGO, Nº 161 | FÁTIMA - VALENÇA/RJ | CEP 27600-000 | TELEFONE: (24) 2453-0700

COPYRIGHT 2017 - CESVA FAA

WEBSITE DESENVOLVIDO POR