VESTIBULAR 2017.2 INSCREVA-SE X (24) 9 9882-0921


O Curso

O curso em quest√£o apresenta uma proposta curricular din√Ęmico-dial√≥gica, na qual toda a√ß√£o pedag√≥gica esta vinculada diretamente ao atual debate sobre os caminhos para a forma√ß√£o de professores no pa√≠s, aos condicionantes hist√≥ricos e √†s expectativas da comunidade. Enquanto pol√≠tica institucional de forma√ß√£o de professores, a proposta busca expressar, de forma realista e democr√°tica, a meta poss√≠vel de formar os licenciados em Pedagogia, futuros profissionais da educa√ß√£o, para atuarem e enfrentarem os desafios da constru√ß√£o de uma educa√ß√£o humanizadora e emancipat√≥ria e que permita acompanhar a evolu√ß√£o e demandas dos contornos contempor√Ęneos.


Perfil Profissional

Em conson√Ęncia com as necessidades profissionais e sociais do setor, bem como, com o proposto nas Diretrizes Curriculares Nacionais, buscar-se-√° na forma√ß√£o do licenciado em Pedagogia, um profissional que, al√©m dos dom√≠nios dos conhecimentos necess√°rios a sua atua√ß√£o, seja capaz de ter:

  • Compreens√£o ampla e consistente do processo educativo, formal e n√£o formal;
  • Capacidade de formular e encaminhar solu√ß√Ķes de problemas educacionais;
  • Capacidade de articular as diferentes √°reas de conhecimentos no campo educacional;
  • Capacidade de articular ensino e pesquisa com atividades de extens√£o;
  • Capacidade de desenvolver metodologias adequadas √†s necessidades educativas atuais;
  • Atitude √©tica na atua√ß√£o profissional;
  • Capacidade de atuar no planejamento das diferentes a√ß√Ķes da pr√°tica educativa;
  • Capacidade de gerir e coordenar a√ß√Ķes t√©cnicas e administrativas no campo da educa√ß√£o formal e n√£o formal;
  • Capacidade de compreender a avalia√ß√£o como processo educativo tanto no √Ęmbito do rendimento escolar, quanto institucional;
  • Capacidade de atuar criativamente no √Ęmbito educacional;
  • Capacidade de desenvolver atitudes empreendedoras no campo profissional;
  • Capacidade de atuar cientificamente sobre a realidade educativa;
  • Capacidade de atua√ß√£o docente com enfrentamento de problemas de aprendizagem;
  • Capacidade de atuar interdisciplinarmente;
  • Capacidade de elaborar e implementar projetos de natureza pedag√≥gica;
  • Capacidade de an√°lise dos conte√ļdos curriculares da educa√ß√£o b√°sica;
  • Capacidade de intervir na organiza√ß√£o da escola e do trabalho escolar.


Mercado de Trabalho

Este profissional atua na docência da educação infantil nos anos iniciais do ensino fundamental, nas disciplinas pedagógicas do ensino médio, na gestão e planejamento escolar, no desenvolvimento, implementação e avaliação de projetos educacionais em diferentes níveis e áreas. O campo de atuação do Pedagogo é amplo e diversificado. Podendo atuar nas seguintes áreas:


  • Doc√™ncia na Educa√ß√£o Infantil e nos Anos Iniciais do Ensino Fundamental;
  • Doc√™ncia no Ensino M√©dio ‚Äď modalidade Normal(antigo magist√©rio), para lecionar as disciplinas pedag√≥gicas;
  • Supervisor Pedag√≥gico;
  • Orientador pedag√≥gico / educacional;
  • Inspetor escolar/educacional;
  • Administrador escolar;
  • Espa√ßos n√£o-escolares, como por exemplo: DETRAN, Correios, Pol√≠cia Militar, Petrobr√°s, ONG`s, M√≠dias em Geral (TV, r√°dio, jornal, internet, etc) SESI, SENAI, SESC, Hospitais, etc;
  • Desenvolvimento de projetos educacionais para diversas √°rea.

Ato autorizativo: Renova√ß√£o de reconhecimento: Portaria N¬ļ 1.091 de 24/12/2015. Data de Publica√ß√£o: 30/12/2015.

* Valor referente ao desconto para pagamento at√© o 1¬ļ dia √ļtil do m√™s da mensalidade


DURAÇÃO: 8 semestres
MENSALIDADE (NOTURNO): R$ 669,05*
CONCEITO MEC: 4

INSCREVA-SE JÁ!

COMO PROCEDER:

  • Ap√≥s finalizar a inscri√ß√£o no processo seletivo, pague a taxa de inscri√ß√£o, imprima o comprovante e compare√ßa na data de sua avalia√ß√£o;
  • O resultado ser√° divulgado no Painel do Candidato, dispon√≠vel no site, vestibular.faa.edu.br, conforme data informada no Edital do processo seletivo vigente.
  • Ap√≥s a notifica√ß√£o de aprova√ß√£o, dirija-se a Secret√°ria Geral do Centro de Ensino Superior de Valen√ßa - CESVA/FAA - Rua Sargento Vitor Hugo, 161, F√°tima - Valen√ßa/RJ,  de segunda a sexta-feira, das 9h √†s 20h, com os documentos necess√°rios para a matr√≠cula.
 

Confira o edital abaixo.

Ver Arquivo

Para você que já começou a estudar em outra instituição de ensino e tem interesse em se tornar aluno do Centro de Ensino Superior de Valença, o CESVA/FAA aceitará transferência de alunos regulares de instituição nacional, para prosseguimento dos estudos no mesmo curso ou em curso afim, desde que requerida no prazo fixado no Calendário Acadêmico*.

Confira aqui as vantagens:

30% de desconto nas mensalidades até o final do curso (exceto para o curso de Medicina).**

Ingresso sem necessidade de realização de prova (exceto para o curso de Medicina).


Documentação necessária para análise:


  • Carteira de Identidade
  • CPF
  • Hist√≥rico escolar
  • Programa das disciplinas cursadas
  • Declara√ß√£o de regularidade acad√™mica
  • Declara√ß√£o de situa√ß√£o junto ao ENADE

A documentação pertinente à transferência deverá ser original.



*Mediante ao edital do processo seletivo e havendo vagas.

**Exceto nas mensalidades de janeiro e julho, desconto não cumulativo com outros benefícios.

Para você que já concluiu a graduação de ensino superior e quer continuar a aprimorar os seus conhecimentos no Centro de Ensino Superior de Valença - CESVA/FAA - confira aqui as vantagens:


  • Portadores de diploma de outras Institui√ß√Ķes:

30% de desconto nas mensalidades até o final do curso (exceto para o curso de Medicina),*


  • Portadores de diploma do CESVA/FAA:

50% de desconto nas mensalidades até o final do curso (exceto para o curso de Medicina).*


Ingresso sem necessidade de realização de prova (exceto para o curso de Medicina).**


Documentação necessária (original e cópia):

Diploma e Histórico da Graduação

Certificado Conclusão do Ensino Médio

Histórico Escolar do Ensino Médio

Cédula de Identidade

CPF

Título de Eleitor

Certid√£o de Nascimento ou de Casamento

Comprovante de Residência

Uma foto 3 x 4.

Documento de Regularidade Militar

  

*Exceto nas mensalidades de janeiro e julho, desconto não cumulativo com outros benefícios.

**Mediante ao edital do processo seletivo e havendo vagas.

Curso: Licenciatura em Pedagogia


Carga Hor√°ria Total: 3200 horas


Duração do curso: Mínimo: 8 semestres


Acesse a grade Curricular do Curso.

Ver Arquivo

Conheça o corpo docente que integra o curso de Pedagogia:


Adriana Glória de Sant’anna da Rocha - Currículo Lattes

Carolina Augusta Assumpção Correa - Currículo Lattes

Denise Barra Medeiros - Currículo Lattes

Euridina Ramos Vidal - Currículo Lattes

Francisco José Lacerda Gonzaga - Currículo Lattes

Lenilson Vidal de Souza - Currículo Lattes

Lucimeri Maurício Ribeiro - Currículo Lattes

Marilane Ferreira Confort de Almeida - Currículo Lattes

M√īnica Carvalho Teixeira - Curr√≠culo Lattes

Rabib Floriano Antonio - Currículo Lattes

Raimundo Cesar de Oliveira Mattos -  Curr√≠culo Lattes

Tauller Augusto de Ara√ļjo Matos - Curr√≠culo Lattes

M√īnica de Carvalho Teixeira - Curr√≠culo Lattes

Doutoranda em Educa√ß√£o pela Universidade Federal de Juiz de Fora com √™nfase nos Estudos da Inf√Ęncia; Mestre em Educa√ß√£o pela Universidade Cat√≥lica de Petr√≥polis, tendo √™nfase na Educa√ß√£o √† Dist√Ęncia e, graduada em Pedagogia pela Universidade Federal de Juiz de Fora. Desde 2011 √© Professora e Coordenadora do curso de Licenciatura em Pedagogia da Faculdade de Educa√ß√£o Tecnol√≥gica do Estado do Rio de Janeiro (FAETERJ/Tr√™s Rios).

Desde 2015 é Professora e Diretora do curso de Licenciatura em Pedagogia do Centro de Ensino Superior de Valença - CESVA/FAA.



O Programa Universidade para Todos (ProUni) foi criado em 2004, pela Lei n¬ļ 11.096/2005, e tem como finalidade a concess√£o de bolsas de estudos integrais e parciais a estudantes de cursos de gradua√ß√£o e de cursos sequenciais de forma√ß√£o espec√≠fica, em institui√ß√Ķes privadas de educa√ß√£o superior.


De acordo com o Ministério da Educação, para ingressar no Prouni é necessário cumprir os requisitos previstos pelo MEC e participar do processo seletivo.

 

- Quais s√£o os requisitos para ser bolsista do Prouni?

Podem participar do Prouni os estudantes brasileiros que n√£o possuam diploma de curso superior e que atendam a pelo menos uma das condi√ß√Ķes abaixo:

  • ter cursado o ensino m√©dio completo em escola da rede p√ļblica;
  • ter cursado o ensino m√©dio completo em escola da rede privada, na condi√ß√£o de bolsista integral da pr√≥pria escola;
  • ter cursado o ensino m√©dio parcialmente em escola da rede p√ļblica e parcialmente em escola da rede privada, na condi√ß√£o de bolsista integral da pr√≥pria escola privada;
  • ser pessoa com defici√™ncia;
  • ser professor da rede p√ļblica de ensino, no efetivo exerc√≠cio do magist√©rio da educa√ß√£o b√°sica e integrando o quadro de pessoal permanente da institui√ß√£o p√ļblica e concorrer a bolsas exclusivamente nos cursos de licenciatura. Nesses casos n√£o h√° requisitos de renda.

Para concorrer às bolsas integrais o candidato deve ter renda familiar bruta mensal de até um salário mínimo e meio por pessoa. Para as bolsas parciais de 50%, a renda familiar bruta mensal deve ser de até três salários mínimos por pessoa.


 - Como funciona o processo seletivo do Prouni?

O processo seletivo do Prouni é composto por duas fases: processo regular e processo de ocupação das bolsas remanescentes.

No processo regular pode se inscrever o candidato que tenha participado da edição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) do ano imediatamente anterior e que tenha obtido, no mínimo, 450 pontos na média das notas das provas do Exame e nota acima de zero na redação.

No processo para ocupação das bolsas remanescentes pode se inscrever o candidato que:

  • seja professor da rede p√ļblica de ensino, no efetivo exerc√≠cio do magist√©rio da educa√ß√£o b√°sica e integrando o quadro de pessoal permanente da institui√ß√£o p√ļblica, para os cursos com grau de licenciatura destinados √† forma√ß√£o do magist√©rio da educa√ß√£o b√°sica; ou
  • tenha participado do Enem, a partir da edi√ß√£o de 2010, e que tenha obtido, em uma mesma edi√ß√£o do referido exame, m√©dia das notas nas provas igual ou superior a 450 pontos e nota superior a zero na reda√ß√£o.

Em ambos os processos as inscri√ß√Ķes s√£o gratuitas e efetuadas exclusivamente pela internet, por meio da p√°gina do Prouni.

S√£o realizados dois processos seletivos do Prouni por ano, um no primeiro semestre e outro no segundo semestre.


Para maiores informa√ß√Ķes, acesse os links abaixo:

Como funciona

Documentação

Cronograma


COLAPS

O que é Colaps?

Comiss√Ķes Locais de Acompanhamento e Controle Social do Programa Universidade para Todos - Prouni.

São órgãos colegiados, de natureza consultiva instituídos em cada Instituição de Ensino Superior - IES participante do Prouni, com função preponderante de acompanhamento, averiguação e fiscalização da implementação local do Programa Universidade para Todos - Prouni nas IES, devendo promover também a articulação entre a CONAP e a comunidade acadêmica das IES participantes do programa, com vistas ao seu constante aperfeiçoamento.

2. Com qual finalidade veio a ser institu√≠da as Comiss√Ķes Locais do Prouni?

As Comiss√Ķes Locais veem com a finalidade de aprimorar as rela√ß√Ķes acad√™micas entre os bolsistas Prouni e as Institui√ß√Ķes de Ensino Superior - IES. Por serem instaladas em cada endere√ßo de oferta de bolsas das IES participantes do Prouni, as Comiss√Ķes Locais assim mais pr√≥ximas a realidade acad√™mica de cada IES, poder√£o atender os questionamentos da comunidade do Prouni levantados atrav√©s de reclama√ß√Ķes, den√ļncias, cr√≠ticas e sugest√Ķes inerentes ao programa e dirigidas a Comiss√£o. Desse modo foi estabelecido no Art. 2¬ļ da Portaria n¬ļ 1.132, a qual disp√Ķes sobre a Institui√ß√£o das Comiss√Ķes Locais de Acompanhamento e Controle Social do Programa Universidade para Todos - Prouni, que compete as Comiss√Ķes Locais:

I - exercer o acompanhamento, averigua√ß√£o e fiscaliza√ß√£o da implementa√ß√£o do Prouni nas Institui√ß√Ķes de Ensino Superior (IES) participantes do Programa;

II - interagir com a comunidade acad√™mica e com as organiza√ß√Ķes da sociedade civil, recebendo reclama√ß√Ķes, den√ļncias, cr√≠ticas e sugest√Ķes para apresenta√ß√£o, se for o caso, a Comiss√£o Nacional de Acompanhamento e Controle Social do Prouni - CONAP;

III - emitir, a cada processo seletivo, relatório de acompanhamento do Prouni.



Maiores informa√ß√Ķes:

PROUNI - EDITAL 2017

PROUNI - EDITAL 2016

ORIENTAÇÃO AOS CANDIDATOS - 2017

ORIENTAÇÃO AOS CANDIDATOS - 2016


RELA√á√ÉO DE CLASSIFICADOS DA LISTA DE ESPERA DO PROUNI - 1¬ļ SEMESTRE DE 2017

CLASSIFICADOS - LISTA DE ESPERA PROUNI - 1¬ļ SEMESTRE DE 2017


RELA√á√ÉO DE APROVADOS DA LISTA DE ESPERA DO PROCESSO SELETIVO PROUNI - 1¬ļ SEMESTRE DE 2016

APROVADOS DA LISTA DE ESPERA DO PROUNI - 1¬ļ SEMESTRE DE 2016

Para ingresso no Centro de Ensino Superior de Valença - CESVA/FAA - o candidato poderá realizar o aproveitamento de resultado obtido no Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM).

Os candidatos que optarem pelas vagas do ENEM deverão se inscrever no Processo Seletivo do CESVA/FAA e declarar esta opção no momento da inscrição.

Para utilizar a nota do ENEM, além de indicar essa opção no formulário de inscrição, o candidato deverá entregar o comprovante legal (boletim de desempenho do ENEM) na Secretaria Geral do CESVA/FAA.

O ano em que o resultado do ENEM será considerado, bem como o percentual de vagas destinadas aos candidatos e valor da média mínima atribuível ao conjunto de provas será determinado pelo edital vigente.


*O aproveitamento da nota do ENEM é válido apenas para ingresso na Instituição, não valendo para descontos nas mensalidades.




FAA - FUNDA√á√ÉO EDUCACIONAL D. ANDR√Č ARCOVERDE | CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DE VALEN√áA
R. SARGENTO VITOR HUGO, N¬ļ 161 | F√ĀTIMA - VALEN√áA/RJ | CEP 27600-000 | TELEFONE: (24) 2453-0700

COPYRIGHT 2017 - CESVA FAA

WEBSITE DESENVOLVIDO POR